segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Atração Interplanetária






    Em meio a tanta natureza eu encontrei...
    Pessoas com rotinas e anseios de vida dessemelhantes.
    Que muito tinham de diferentes... E ainda mais de belo!

    A atração, porém, foi inevitável.
    E de repente, e facilmente, me adeqüei aquele lugar.
    Fui acolhida... E logo já estava em casa.

    E foi no meio deste universo diverso que o encontrei.
    O menino de Urano.
    Vindo lá de perto da morada das estrelas, tão distante quanto elas podem ser...
    Ao mesmo tempo em que parece ser tão próximas, quando paramos para apreciá-las...a distância real porém sempre será assustadora.

    O encontro foi como uma nuvem no céu... eu sei da sua existência, mas é impossivel sentí-la, se desfaz quando tento uma aproximação, e quando chego perto o suficiente, é como se já não existisse nada....
    Mas o encanto não se desfez, ainda continuo a olhar para o céu, na intenção de te sentir mais próximo.
    O Ar não é seguro para pouso... Tudo que passa por ele está apenas de passagem...
    Mas eu sou da Terra, e por onde passo, acabo por fincar raízes... e me deixo plantar sentimentos com muita facilidade..
    Como a terra, sou quente e intensa, e não sei ser alheia as pessoas que passam pela minha vida...
    Gosto de senti-las de verdade, amá-las de verdade, não sei ser pela metade.. e nem só amar nas horas vagas..
    Quando o imagino a me observar lá em seu planeta, sinto que pela sua vida não passei de uma estrela cadente, o que para os outros parece uma magia da natureza, mas que para o observador de Urano, foi apenas mais um evento resultante de um atrito de alta velocidade de uma rocha espacial com o Ar, que gerou rastros de luz, bonito de ser apreciado, porém momentâneo...
    A sua passagem pela minha vida, porém foi como uma aurora boreal, uma experiência regida pelas forças da natureza, e que é preciso dar tempo ao tempo para vê-la...A probabilidade de apreciá-la nem sempre é garantida, porém a intensidade compensa... despertando, sensações, encantamento e inquietações diversas..
    E em minha paciente procura pelas Constelações, tentando desvendá-las procuro também o menino de Urano, não encontro sinais da sua presença, porém sei que está lá... Afinal foi ele que me ensinou os mistérios do Universo quando veio dar um passeio aqui pela Terra...


    by.:Lilian Ventura

4 comentários:

  1. Conhece o texto pelo titulo! Se bem sei, é um texto complexo desde quando foi escrito, acho que mesmo para ler algo atemporal, a sensibilidade deve ser temporal, é um texto lindo, expressivo, bem escrito, então o que fica é a ideia da criação, não o motivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo meu amor!!! Acontecimentos... inspirações..

      Excluir