sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

O Homem Desconhecido



Primeira postagem, cheguei meninas, em plena madrugada regada a cafeína!!





O Homem Desconhecido



Ela estava perdida em devaneios.
Encontrava-se perdida, sem caminho de volta ou saída de emergência.
Apenas labirintos, que a levavam a um lugar qualquer.

E em um instante, sua feição mudou, seus olhões brilharam, ao avistá-lo lá longe, onde a pouca luz já se fazia falha, onde era percebida apenas uma silhueta...

Buscou ir ao seu encontro... Ansiosa...

Ele continuava parado, e a cada passo, ela sentia seu coração acelerar, em um ritmo cada vez mais agônico....sentindo-o quase a soltar boca a fora.

Mantêm-se porém, aparentemente serena...

Quando por fim encontra-o, um ato impulsivo lhe toma conta, e desliza levemente sua mão pela barba dele, e os pelos daquela barba lhe arranham o coração, percebendo um leve calafrio tomar conta de si.

Ele dá um passo para trás, assustado.

Ela afasta sua mão, assustada.

Ele lhe toca a nuca, a toma nos braços e a faz mergulhar em um beijo, aquele beijo que ela já conhecia.
O beijo do homem desconhecido.

Ele se afasta logo em seguida.

Ela continua com os olhos fechados imersa naquele beijo.
Ele vira as costas, e continua seu caminho no labirinto...
Ela lá continua estática, sem acreditar que ele aparecera de novo, e ela novamente nada sabia sobre este homem...

Ou o porquê, dele sempre a possuir desta forma, e logo em seguida continuar seu caminho, sem ao menos olhar para trás.

Ela fecha bem os olhos, e consegue ainda sentir o gosto doce-amargo daquele beijo.

Quando por fim se deu conta, já estava seguindo adiante no labirinto, procurando uma saída...

Ao mesmo tempo que ansiando pelo seu amante desconhecido, o qual, não lhe dava tempo de...

Saber se ele realmente existia, ou se não passava de um fantasma, que ela criou para não mais se sentir só no...

Labirinto.

Lilian Ventura

6 comentários:

  1. Se perder no desamor, é poder descansar em nós mesmos.

    ResponderExcluir
  2. Se perder também é caminho.
    Linda descrição da cena.. veio fácil na minha mente

    Nanda Mercês

    ResponderExcluir
  3. Concordo Nanda.. Lilian você era o sabor que faltava nesse blog...

    Muito feliz com a sua chegada...



    ResponderExcluir